Outubro Rosa: reprodução assistida ajuda mulheres a serem mães após câncer de mama

Câncer, uma das principais causas de morte em todo o mundo, responsável pelo óbito de mais de sete milhões de pessoas por ano. De acordo com o Fundo Mundial para Pesquisa do Câncer, este número pode passar de dez milhões em pouco menos de dez anos.

Um dos maiores efeitos negativos dos tratamentos para o câncer é a infertilidade. De acordo com Dr. Edson Borges Jr., especialista em Reprodução Humana creditado pela Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA) e diretor científico do Fertility Medical Group, ainda que a sobrevivência seja o principal foco do cuidado com o paciente de câncer, a qualidade de vida após o tratamento é cada vez mais discutida e deve ser levada em consideração. No caso do câncer de mama, por exemplo, o tratamento pode levar à infertilidade.

Leia o artigo completo: 

https://fertility.com.br/outubro-rosa-reproducao-assistida-ajuda-mulheres-a-serem-maes-apos-cancer-de-mama/

Clinica Fertility triplica números de congelamento de óvulos

Segundo o Sistema Nacional de Produção de Embriões, o SisEmbrio, em 2017, 75.557 embriões foram congelados no Brasil, um aumento de 13% em relação ao ano de 2016, quando 66.597 embriões foram congelados.
Fonte: BBC. Um aumento de 176% nos procedimentos de criopreservação de óvulos. Esse dado acaba de ser divulgado pelo Fertility Medical Group, em São Paulo.

Leia a matéria completa em nosso portal: https://fertility.com.br/clinica-fertility-triplica-numeros-de-congelamento-de-ovulos/

Embryologist freezing embryos for storage

Congelamento de óvulos permite à mulher escolher quando realizar o sonho de ter filhos

É preciso o quanto antes procurar um especialista para exames e saber qual a melhor idade para fazer o procedimento

O congelamento de óvulos tem sido uma técnica reprodutiva cada vez mais procurada por mulheres que desejam ter filhos, mas pretendem adiar a gestação. Muitas buscam primeiro a realização profissional e a independência financeira, outras pretendem no futuro fazer uma “produção independente”. Existem ainda os casais homossexuais e quem está doente e vai fazer um tratamento que pode deixá-la estéril, como o câncer, por exemplo.

Vale lembrar também que, em termos sociais, o congelamento de óvulos leva a mulher a um nível de igualdade com os homens sobre qual o melhor momento para ter filhos. Como a fertilidade do sexo masculino é mais longa (geralmente só congelam o sêmen por questões de saúde), a idade de ter um filho não costuma ser um problema.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA: http://fertility.com.br/congelamento-de-ovulos-permite-a-mulher-escolher-quando-realizar-o-sonho-de-ter-filhos/

artificial insemination
artificial insemination

Você sabe o que é Criopreservação de óvulos?

A mulher moderna está deixando de vincular a decisão de ter filhos à condição de estarem casadas. Com o avanço da ciência, ninguém precisa mais seguir um passo a passo convencional para concretizar o desejo de ser mãe.

O público em geral tem muitas dúvidas em relação aos procedimentos, qual é a idade adequada para o congelamento e o declínio da função reprodutiva, por exemplo. Neste vídeo, Dr. Edson Borges Junior, especialista em reprodução humana e diretor do Fertility Medical Group, desmistifica a temática e apresenta muitas informações importantes.

Assista agora no canal do Fertility no You Tube: goo.gl/OUJMtT

Cripreservação

O sucesso das gestações quando há o congelamento de óvúlos e embriões

O congelamento de óvulos é um tratamento bastante procurado, tanto por mulheres jovens que precisam se submeter a algum tratamento tóxico que afete seus ovários, quanto por aquelas que desejam adiar a maternidade para uma idade mais avançada. À medida em que esta técnica se torna mais popular e conhecida, ganha outras aplicações em áreas distintas, como a doação de óvulos.

Outra grande vantagem do congelamento é que ele elimina a necessidade de se transferir diversos embriões para o útero da paciente, já que podem ser descongelados um de cada vez e inseridos em diferentes ciclos, reduzindo-se a chance de gestação múltipla, o que pode trazer sérios riscos para a saúde tanto da mãe quanto dos bebês.

Alguns pesquisadores, entretanto, sugerem que o congelamento e o descongelamento possam ter um efeito negativo na qualidade dos óvulos e embriões, enquanto outros acreditam que apresentam o mesmo potencial de desenvolvimento que os frescos.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA: http://fertility.com.br/o-sucesso-das-gestacoes-quando-ha-congelamento-de-ovulos-e-embrioes/